Vice de Bolsonaro diz que herdamos a malandragem dos africanos e a indolência dos indígenas

Em um evento que aconteceu em Caxias do Sul, Mourão comentava sobre o subdesenvolvimento do país, quando acabou falando em dois pontos polêmicos.

Hamilton Mourão, candidato a  vice-presidente na chapa de Bolsonaro, no partido PSL, disse que o Brasil haveria herdado a cultura de privilégios, a indolência dos indígenas e a malandragem dos africanos.

“E o nosso Brasil? Já citei nosso porte estratégico. Mas tem uma dificuldade para transformar isso em poder. Ainda existe o famoso complexo de vira-lata aqui no nosso país, infelizmente”, disse Mourão. “Essa herança do privilégio é uma herança ibérica. Temos uma certa herança da indolência, que vem da cultura indígena. Eu sou indígena. Meu pai é amazonense. E a malandragem. Nada contra, mas a malandragem é oriunda do africano. Então, esse é o nosso cadinho cultural”, declarou.

Mourão afirmou também que era a favor da democracia e que a intervenção militar não era uma ‘’varinha mágica’’, apesar de já haver defendido a ideia há tempos atrás. No segundo semestre do ano passado, mais precisamente em setembro, Mourão chegou a comentar sobre a possibilidade de haver a intervenção militar caso a crise não fosse resolvida.

Mourão negou as acusações de que seu comentário havia sido racista e disse que estavam tentando fazer com ele o que foi feito com Bolsonaro. ‘’Quiseram colocar que o Bolsonaro é racista, agora querem colocar em mim’’, disse. Mourão completou dizendo que apenas havia dito que os brasileiros são uma ‘amálgama de três raças’ e que muitas culturas foram trazidas para cá com a junção dos povos.

 

 

 

1 Trackback / Pingback

  1. Lula possuirá duas frentes de defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*