Veja 4 dicas de desenvolvimento pessoal que os psicólogos classificam como perigosas

É comum de se usar os treinamentos de crescimento pessoal para poder tornar cada vez mais fortes todos os aspectos psicológicos de uma pessoa, tudo isso para que ela possa uma hora ou outra, alcançar o tão sonhado “sucesso” na vida. Na teoria esse treinamento é algo divino, mas na prática as coisas podem não sair como o esperado.

Muitas alternativas acabam prejudicando a saúde mental e por isso os psicólogos entraram no meio para informar que é preciso considerar como “ruim” tudo o que muitos especialistas recomendam. Confira alguns desses treinamentos que só atrapalha ao invés de ajudar na lista logo abaixo:

1 – Imaginar que o seu sonho é realidade

Foto:Reprodução

Muitas vezes os especialistas recomendam que a pessoa coloque o seu sonho como algo já alcançado, se focar completamente nele, só naquilo que deseja e imaginar as coisas boas, o resultado, em mínimos detalhes. Todo esse foco transforma o sonho em uma obsessão e qualquer tipo de obsessão não faz bem.

2 – Sempre estar feliz

Foto:Reprodução

Todo mundo diz que sempre é preciso estar feliz independente da situação. Uma dica muito errada, claro que é possível sim estar sempre cheio de felicidade e alegria, porém, esse sentimento constante não é bom. O corpo precisa experimentar diferentes emoções para estar apto quando a hora chegar, por que querendo ou não, uma hora a tristeza nos atinge.

3 – Metas grandiosas e gananciosas

Foto:Reprodução

Muitas vezes os treinadores vivem dizendo para seus atletas que para alcançarem o topo e deixarem de serem simples perdedores, precisam colocar metas altíssimas para se alcançar. Outra dica que deveria ser extinta, é verdade que ninguém gosta de estar por último, ser um “perdedor”, mas é preciso viver na realidade.

4 – Sempre superar qualquer obstáculo com a força de vontade

Foto:Reprodução

Os treinadores também adoram dizer isso para seus atletas, mas é preciso cautela porque nem sempre é possível superar um obstáculo com a força de vontade. As vezes é preciso a colaboração de companheiros e as outras nada pode ser feito além de aceitar a situação atual.

Qual é a sua opinião a respeito dessas dicas? Deixe o seu comentário e não se esqueça de compartilhar.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*