O remédio que nenhum dentista quer que seja divulgado porque este remove as cáries sem dor alguma

Há um ditado popular que é bem verdadeiro “o sorriso é nosso cartão de visita”. Não dá para negar, é uma das primeiras coisas que são reparadas quando nos encontramos com alguém. Esse é um dos motivos pelo qual manter a higiene bucal em dia é imprescindível. Manter os dentes saudáveis é importante principalmente para a nossa própria saúde.

Muitas vezes é comum que algumas pessoas precisam procurar um dentista por causa de uma cárie, tártaros entre outros fatores.  O dentista é um profissional importantíssimo, como é sabido por todos, esse é o profissional responsável por nos ajudar a manter a saúde bucal. É a ele quem devemos recorrer quando há algum problema em nossa arcaria dentária.

Se um dente se quebrou, ele pode cuidar disso e recuperá-lo mesmo que de forma artificial. Com isso o sorriso pode voltar ao nosso rosto sem que tenhamos que nos envergonhar por causa de uma “janelinha” na boca.

Regenerando os dentes naturalmente

Um estudo foi realizado em Londres no King’s College a respeito desse tema. Depois de muitas pesquisas, eles chegaram à conclusão de que há uma maneira para regenerar os dentes. Isso se tornou possível após eles fazerem experimentos com remédios que são usados no bombate a doença de Alzheimer.

É exatamente através desse medicamento que pode se conseguir uma prótese perfeita. Esse medicamento se mostrou eficaz na hora de estimular o crescimento natural dos dentes através da produção de dentina.

Como usar

Apenas um profissional na área pode usar esse método. Jamais tente fazer algo parecido em sua própria residência. O profissional usará uma pequena esponja fabricada com colágeno biodegradável e em seguida colocará no orifício daqueles dentinhos quebrados. Essa substância batizada como “tideglusib” inibi as enzimas GSK-3 e por isso a produção de dentina comece a se formar. A esponja se degradará com o passar do tempo. Enquanto ela se desgasta, o tideglusib sairá e a produção da dentina continuará avançando.

Vale lembrar que esse tratamento ainda está sendo testado em ratos de laboratórios e acredita-se que em breve poderá ser utilizado por dentistas em seres humanos. A notícia causou um grande debate nas redes sociais e muitas pessoas se mostraram animadas com a possibilidade de isso realmente acontecer.

Informação importante

Nenhuma dessas informações contidas nessa postagem podem substituir o acompanhamento e aconselhamento médico. Essa matéria tem a missão apenas de trazer informação e jamais substituir qualquer tratamento médico.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*