4 coisas que mudaram em nossas vidas após as redes sociais

1- Vida pessoal pública

Foto:Reprodução

É claro que todos nós já nos deparamos com fotografias de casais, famílias, amigos, e outros grupos nas redes sociais. Os casais, principalmente, costumam postar fotos demonstrando todo seu amor, com textos lindos, mostrando o quanto são felizes. Mas, segundo cientistas, é exatamente o contrário.
Segundo eles, quanto mais dúvidas a pessoa levanta sobre seu parceiro, mais ela tende a buscar resposta por meio das redes sociais sobre seu relacionamento.
Zach Brittle, um psicoterapeuta, acredita que se o seu ego é elogiado, um dos membros do casal acaba dando mais atenção à fotografia feito no encontro, do que no encontro em si. E afirmam que quanto mais ativo for o amor virtual, ais diferente será do real.

2- Wi-fi = fuga da realidade

Foto:Reprodução

Segundo o sociólogo Viktor Vakhstayn, o comportamento das pessoas que utilizam o metrô mudou completamente após o wi-fi gratuito. O fato de as pessoas não se comunicarem como antes é chamado pela ciência de ‘’ignorar ativamente’’. Eles explicam que você não apenas foge de uma conversa com um livro, ou finge estar dormindo. As redes sociais conseguem tirar você da realidade, de forma que você não esteja presente no local em que se encontra.

3- Escritor como hoby

Foto:Reprodução

Antes, as pessoas mais liam do que escreviam, e hoje isso mudou completamente. Hoje, na era dos blogs, todos se tornaram escritores. A escrita se tornou um hoby para milhares de pessoas. As publicações periódicas de uma só pessoa em um determinado site são chamadas de blog. Geralmente a fama é medida através da quantidade de curtidas.

4- Filtros nas fotos 

Foto:Reprodução

Os psicólogos chamaram atenção para o fato da obsessão em corrigir a aparência que as pessoas têm. Juntamente com os cirurgiões plásticos, eles revelaram que cada vez mais as pessoas chegam nos consultórios médicos pedindo a aparência que eles mesmo conseguiram chegar através das fotos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*